domingo, 19 de julho de 2009

Encantamentos



Na alha da madrugada
no seu corpo de brando azeviche,
de esguios perfeitos
sinuosamente enlouquecedor
desfalecia a luz duma lua cheia

No seu bailado
serpenteante
com passes e poses
de encantamentos
o feitiço rebolava no seu ventre
com meus olhos de maçã
colados no êxtanse
de ver um corpo,
enroscando,
esfregando-se nele próprio,
num transe
a que as suas coxas, gestos,
olhares
me submetiam
perscrutando minha alma
minhas fraquezas,
revolvendo
minha respiração.

Daniel Medina



Foto: Niko Guido

4 comentários:

O Profeta disse...

Este mar de fresco azul
Estas pedras sentinelas constantes
Estas ondas que adormecem nelas
Vieram do mundo em formas navegantes

O amargo das uvas verdes
Cede ao sorriso do astro rei
O doce invade os sentidos
E a ternura impõe a sua lei


Boa semana


Mágico beijo

Smile disse...

Olá Profeta amigo
obrigada pela tua visita,
Já vou ao teu cantinho.
Bj mágico

Pedrasnuas disse...

PERIGOSA SEDUÇÃO!!!:)))

BEIJOS SUPERVOADORESSSSS

Smile disse...

Pedrinhas
Põe perigossima nisso :P ;-)
Beijocas super voadorassss