segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Happy New Year

Um Excelente ano de 2009 e que vos traga em dobro tudo o que desejam.
É o que deseja aqui a minha pessoa :-)

Beijocas sorridentes


domingo, 28 de dezembro de 2008

O Fim de Ano????

Well… tudo indica que a passagem de ano irá ser aqui e em muita boa companhia. ;-)

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

O que eu desejo para 2009?


O que eu adoraria que o ano de 2009 e seguintes fossem?
Um JARDIM imenso de FLORES coloridas onde o seu perfume invadisse as narinas do SER HUMANO e aí permanecessem.
Eu sei que é uma metáfora, e que é impossível… mas não seria maravilhoso se fosse?




The Flower Duet (Viens, Mallika, les liens en fleurs... Sous le dôme épais) – Lakmé de Léo Delibes

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Um Feliz Natal

A todas e todos que visitam ou venham a visitar este meu Horizonte desejo um Feliz Natal; e a melhor prenda que posso desejar é saúde, amor, paz e harmonia ou seja, o essencial para sermos felizes junto de quem mais amamos.


Beijocas Natalicias para vcs




domingo, 21 de dezembro de 2008

E por falar no Pai Natal



Ontem à noite ao navegar pelos canais da nossa querida televisão, parei na TVI. Estava a dar o “Caia Quem Caia” e achei curiosa uma pergunta que a Joana Cruz estava a fazer a quem andava às compras. Era mais ou menos assim a pergunta: Em quem acreditavam? No Pai Natal ou no Sócrates?
Bem, 100% das respostas foram que acreditavam no Pai Natal. Quem diria!!! A julgar pelas sondagens que andam por aí pensava que seria o contrário. Ai que mazinha que sou!!!


Pois é PAI NATAL voltamos a acreditar em si… sim… acreditar nos sonhos… deixem-me pelo menos SONHAR, porque estes políticos esvaziaram os nossos sonhos.

Foto: Retirada da net (Desconheço o autor)


sábado, 20 de dezembro de 2008

Do you remember?

Quem se lembra dos sapos a saltar e a cantar "We all stand together" num grande êxito de 1984?

Paul McCartney - We All Stand Together




Win or lose, sink or swim
One thing is certain well never give in
Side by side, hand in hand
We all stand together

Play the game, fight the fight
But whats the point on a beautiful night?
Arm in arm, hand in hand
We all stand together

La la la la
Keeping us warm in the night

La la la la
Walk in the night
Youll get it right

Win or lose, sink or swim
One thing is certain well never give in

Side by side, hand in hand
We all stand together

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Do you remember?

Frankie Goes To Hollywood – The Power Of Love

Esta música leva-nos à memória de Natais passados. Espero que gostem.


segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Frases


As carícias são tão indispensáveis à vida dos sentimentos como as folhas às árvores. Sem elas, o amor morre pela raiz.


Caresses, expressions of one sort or another, are necessary to the life of the affections as leaves are to the life of a tree. If they are wholly restrained, love will die at the roots.


Nathaniel Hawthorne

Foto: Retirada da net (desconheço o autor)

sábado, 13 de dezembro de 2008

Movimento Perpétuo Associativo - Deolinda


O que eu gosto desta música. ;-)



Agora sim, damos a volta a isto!
Agora sim, há pernas para andar!
Agora sim, eu sinto o optimismo!
Vamos em frente, ninguém nos vai parar!

Agora não, que é hora de almoço...
Agora não, que é hora de jantar...
Agora não, que eu acho que não posso...
Amanhã vou trabalhar...

Agora sim, temos a força toda!
Agora sim, há fé neste querer!
Agora sim, só vejo gente boa!
Vamos em frente e havemos vencer!

Agora não, que me dói a barriga...
Agora não, dizem que vai chover...
Agora não, que joga o Benfica...
e eu tenho mais que fazer...

Agora sim, cantamos com vontade!
Agora sim, eu sinto a união!
Agora sim, já ouço a liberdade!
Vamos em frente, é esta a direcção!

Agora não, que falta um impresso...
Agora não, que o meu pai não quer...
Agora não, que há engarrafamentos...
Vão sem mim, que eu vou lá ter...

E agora vou e só volto amanhã… que tenho mais que fazer!! :-))))

Os Contemporâneos

Salvem os ricos.
Está genial :-)))))

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Desafio Musical

Aqui vai a resposta ao desafio da Fiel Jardineira que agradeço. ;-)

O desafio consiste no seguinte:

1 - Colocar uma foto individual nossa:


É minha sim, só não dizia de quando né?!!? :-))))))

2 - Escolher uma Banda/Artista: Amália Rodrigues

3 - Responder às questões somente com títulos da Banda/Artista escolhido:

a) És homem ou mulher? Maria Lisboa
b) Descreve-te: Cantiga de Amigo
c) O que as pessoas acham de ti? Sabe-se lá
d) Como descreves o teu último relacionamento: Acho Inúteis as Palavras
e) Descreve o estado actual da tua relação: És Tudo para Mim
f) Onde querias estar agora? Na Esquina de Ver o Mar
g) O que pensas a respeito do amor? Primavera
h) Como é a tua vida? Alegre eu ando
i) O que pedirias se pudesses ter só um desejo? Sempre e Sempre Amor
j) Escreve uma frase sábia: "O Amor é o Sol que faz desabrochar as flores da Alma."

Ora como vou atrasada em responder e a maior parte dos blogues que visito já responderam ou estão para responder a este desafio, desta vez fica só aqui o desafio a quem passar por aqui e queira responder. ;-)


segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

A Cadeira



Lembro-me tão bem quando me vieram buscar. Ainda tinha o aroma fresco da madeira e do verniz e o veludo suave ao toque de cada mão.
Colocaram-me perto da janela mas não muito distante da lareira. E a partir daquele dia tornei-me parte da família. Todas as noites ele sentava-se e fumava o seu cachimbo. A sua mulher ficava junto à lareira onde por vezes declarava poemas quando não ouviam rádio. E ele olhava-a com muita ternura e o seu sorriso iluminava a sala cada vez que ela falava. E balançando escutava a voz suave e doce da sua mulher.
A casa cresceu, vieram as crianças, os choros, as noites sem dormir, as brincadeiras e os risos, mas com a felicidade de ver as crianças a crescer e a viver num ambiente de paz e amor.
Como elas adoravam-me e brigavam pela minha atenção. Todas queriam o meu balanço e nunca se cansavam. E sentavam-se ao colo do pai que contava histórias de encantar.
Os anos passaram, as crianças cresceram e deixaram de me dar importância. Agora, as suas atenções concentravam-se nos namoros e nas amizades.
Vive lágrimas de tristeza quando o filho faleceu na guerra.
Vive lágrimas de alegria quando a sua única filha casou.
E o meu amigo, esse, continuava a sentar-se todas as noites e a fumar o seu cachimbo. E balançando escutava a voz suave e doce da sua mulher.
Os anos passaram e as crianças regressaram àquela casa. O meu amigo e a sua mulher eram avós. Mas que alegria entrou naquela casa. E como amavam e mimavam aquelas crianças.
E mais uma vez, as crianças disputavam a minha atenção. E eu balançava e balançava… como eu era feliz e adorava cada momento!
Mas uma noite tudo mudou. O meu amigo nunca mais iria sentar-se e fumar o seu cachimbo. Apenas ficou o silêncio. E com o passar do tempo fui esquecida e abandonada numa cave, num canto escuro e húmido.
Os anos passaram, quantos não sei, mas um dia alguém reparou em mim. Como estava velha, suja e rangia ao mais pequeno toque. Duas pessoas pegaram em mim e levaram-me para cima. Fazia tanto tempo que não via a luz do dia. Tive receio. Quem seriam aquelas pessoas? Não me lembro! Onde está a mulher do meu amigo? Passou assim tanto tempo? Levaram-me a um restaurador. Limparam, envernizaram e colocaram um veludo novo, e fiquei como nova. Sentia-me tão vaidosa!
Foram-me buscar quando fiquei pronta. Para onde me levariam? Estava ansiosa. Parecia uma adolescente quando sai a primeira vez com o namorado.
Entrei em casa, sim, naquela que sempre chamei-a de minha e colocaram-me perto da janela mas não muito distante da lareira. E a minha nova amiga tocou-me ao de leve e fez-me balançar, sorriu e com os olhos cheios de ternura virou-se para a sua companheira e disse: “Vês amor, não te disse que era linda?”
Inesperadamente aquele sorriso e a sua voz me suscitaram lembranças. Sim, lembranças do sorriso do meu amigo e da voz suave e doce da sua mulher. E a partir daquele momento senti que estava de novo em casa fazendo parte daquela família.


Texto: Smile – Com um português mais ou menos razoável ;-)
Foto: Retirada da Net

domingo, 7 de dezembro de 2008

Dança do Varão :-)

Como adoro animais e achei o vídeo engraçadíssimo não podia de deixar de partilhar convosco. Espero que gostem ;-)

video

sábado, 6 de dezembro de 2008

Do you remember?


ABC - The look of love




ABC - The Look Of Love
Enviado por ABC

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Frases



“Quando duas mãos se encontram (de quaisquer etnia que sejam), as sombras que se projectam no chão são de mesma cor."

Tony Tornado

Foto: Desconheço o autor (tirada da net)


quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Desafio

A Dantins e a Estrelaminha passaram-me um desafio que achei super engraçado. Mais parece, diz-me o que lês e direi quem és! ;-)

A ideia consta do seguinte:

1. Agarrar o livro mais próximo.
2. Abrir na página 161.
3. Procurar a 5.ª frase completa.
4. Colocar a frase no blog.
5. Não escolher a melhor frase nem o melhor livro!!! Utilizar mesmo o livro que estiver mais próximo.
6. Passar a 5 pessoas.

Bem, e o livro foi: “O Terramoto de Lisboa e a Invenção do Mundo”, de Luís Rosa.
A 5ª frase da página 161 é:

“Tudo era denso naqueles dias nefastos, quando não se sabe se se pensa com lucidez ou se a lucidez é a forma desvairada de pensamento.”


Hummm… muito profundo :-)

Agora vou passar o desafio a:

Imagine Me And You… Forever


terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Este Blog é Mágico... e o vosso também :-)

A menina Orquídea atribui-me o prémio “ESTE BLOG É MÁGICO”, ao qual agradeço e retribuo. Sinto-me enaltecida com tal distinção. :-)

Ora, o prémio “ESTE BLOG É MÁGICO” não tem regras nem restrições, atribui-se e pronto.
Magia!


De uma maneira ou de outra todos têm sido mágicos para mim. Desde o primeiro que tive e tenho o prazer de conhecer Imagine Me And You… Forever até ao recentemente Estrelaminha. Continuarei a ser uma presença assídua de todos os Horizontes da minha lista.
Alguns deles já lhes foram atribuídos tal prémio o qual só posso concordar; mas desta vez irei premiar só um, pela magia que ele contém … os seus poemas…


O Profeta

… que penso, na minha modesta opinião, é bem merecido.


segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Dinheiro Negócios versus Planeta Terra

É um comercial brasileiro sobre o nosso planeta. Está bem feito e dá para pensar.
Será que o dinheiro é assim tão importante que possa estar em primeiro lugar que o nosso planeta?
Será mesmo que o dinheiro faz mover o nosso planeta?


video