domingo, 14 de fevereiro de 2010

Para todos/as os/as apaixonados/as....

... neste dia de São Valentim.





Ai esses teus beijos!..
Fazem-me perder de todo o tino...
Razão deste mer arrepio...
Sensação de calafrio!


Quero senti-los...
Doces ao prová-los...
Molhados... fogosos...
Apaixonados... melosos


Ai! Teus beijos quero sentir
Minha boca os deseja...
Meu corpo os almeja...
Numa louca ânsia...


Minha mente nem descansa!..

Teus beijos, quero sentir
Meu corpo beijar...
De prazer... suar...


Ai esses teus beijos!..
Tanto os desejo sentir!..
Meigos... em nosso porvir...


Poema: Carlota D'Aires (Teus beijos)


Foto 1: Tuta
Foto 2: Robert Doisneau
Foto 3: A&R

13 comentários:

pinguim disse...

E não esqueceste ninguém...
Apesar de ser um adepto da "terceira via" (eheheh), acho a foto do Doisneau das coisas mais belas que já se fizeram em fotografia.
Beijinho.

Smile disse...

Amigo Pinguim
Como poderia esquecer :-) All we need is love :-D
A foto de Doisneau é simplesmente deslumbrante. Os anos passam mas a magia permanece.
Beijinho

Pedrasnuas disse...

HÁ BEIJOS E BEIJOS ...O POETA TEM RAZÃO...

BEIJOCA AMIGA E VOADORA RSRS

Smile disse...

Pedrinhas
E não fosse o beijo uma expressão de um idioma universal :-)
Beijoca amiga e voadora :-D :-D

Rodrigo Alves disse...

Adoreiii huuhuhhu
vou comeca te seguir...
huuhuh me segue tbm??

g disse...

Beijinho bom, para você também!

Bj

Secreta disse...

Excelente escolha de poema e fotografias!
Beijito.

G. disse...

Subscrevo tudinho o que foi escrito!
Boa escolha, fotografia e poetica!
bj
G.

Yas Sultane disse...

Amei seu blog, muito criativo!
Sou sua seguidora,
Beijos.

ADiniz disse...

Bom Dia
caminhando através de imagens,
vim parar aqui e

No universo intimo...
a miscigenação de línguas,
o que importa é sentir
e o beijo é a tradução
da queda do muro de Berlim.

Abraço e um bom final de semana a vc

Angel Maximoff disse...

Lindo adorei!

Jacarée disse...

Lindo poema...
A mulher é uma fonte de inspiração... uma flor delicada e uma fortaleza na sociadade...Mãe, filha, menina, mulher, amante, companheira, amiga...

Beijinhos e muitos

PARABÉNS HOJE E SEMPRE MULHER

Dedico este poema a todas as mulheres do mundo
Em especial, aquelas que sofrem...

Mulher
Que carregas no ventre o teu fruto
Que lhe dás o teu pão, o teu amor
A tua vida…
Que lutas, que sofres, que amas…
Que te maltratam, que te escorraçam
Que te matam!
Mulher
Que és mãe, esposa, amante
Companheira
Que labutas, que choras, que ris…
Que não tens pão, não tens dinheiro
Mas tens dor, sofrimento, angústia
Desilusão
Mulher
Que queres vencer, queres amar
Queres aos filhos tudo dar
Mas não tens casa
Não tens pão
Mas tens amargura, dor
E frustração
Mulher pobre
Pobre mulher…
Que angustia por não teres
O pão para aos teus filhos dares!
Sofres a dor…de os ver morrer.


Mário Margaride

Francisco Jamess disse...

muito bom.
e adorei as fotos.

feliz por gente não achar o amor não "convencional" feio.

=]