sábado, 19 de abril de 2008

"Amor, desde que te vi"


Mal te olhei, quando te vi

Temendo que o meu olhar
Te fosse fazer pensar
Que não pensei bem de ti
Quando me encontro contigo
E não te posso falar
Com os meus olhos te digo
O que me diz o teu olhar
Com os cegos me confundo
Amor, desde que te vi
Nada mais vejo no mundo
Quando não te vejo a ti
Não me atrevo a descrever-te
Do nosso amor e encanto
Podes tu aborrecer-te
De mim, por eu te querer tanto
Do nosso amor os segredos
Que tu crês que são só teus
Os teus olhos e os teus dedos
Já disseram tudo aos meus
António Aleixo
Foto retirada da net (desconheço o autor)
Smile

4 comentários:

emptysoul disse...

Bom Gosto...Gostei e não conhecia...Noite boa para si...

Smile disse...

Olá Emptysoul,
é simples e bonito, não é? Obrigada e um bom dia para si..
Smile

Angel disse...

Sabes Smile..o meu primeiro Livro de Poemas que li foi..Antonio de Aleixo..tenho um carinho muito especial..não podia ter sido melhor a escolha..um beijinho cheio de Sonhos...

Smile disse...

Olá Angel,
tenho o "Este livro que vos deixo" e é magnifico...tão simples e lindo...
Obrigada. :-)
Beijinhos também pra ti cheio de Sonhos e Smiles