terça-feira, 12 de agosto de 2008

My Way

“My Way” cantada por Frank Sinatra é uma das músicas da minha vida, mas não é o original.

O original chama-se “Comme d’habitude” cantada por Claude François. É composta por Claude François e Jacques Revaux e letra de Claude François e Gilles Thibaut (1967).

Paul Anka ouviu “Comme d’habitute” quando esteve em França, pediu os direitos e reescreveu com uma letra nova que passou a chamar-se “My Way” (letra diferente da francesa), cantada também por ele.

Mas quem a tornou celebre pelo mundo fora foi Frank Sinatra. E foi pela voz dele que a ouvi pela primeira vez e adorei. Quem me deu a conhecer foi o meu pai, um amante incondicional de Frank Sinatra e da sua música. Por isso dedico este post ao meu pai que viveu e têm vivido a vida à “his way”, como qualquer um de nós.

Deixo aqui a versão original e a versão de Paul Anka e claro, a de Frank Sinatra.

Claude François - Comme D'Habitude

Paul Anka - My Way


Frank Sinatra - My Way - 1974 New York


8 comentários:

Verónica disse...

Mais uma vez não consegui ouvir as tuas músicas mas hei-de voltar.
Bjs

Special K disse...

Sinatra foi uma das maiores vozes do século XX. Mas vou ser mauzinho e recomendar a versão do Sid Vicious.
Beijos

fiel.jardineira disse...

Tambem adoro Sinatra... Também tento viver no my way...ou my ways... caminhando... :) Bjs

Dantins disse...

As coisas que se aprendem viajando pelo mundo bloguista. Não fazia ideia de que a versão original era francesa, apesar do Sr. Claude François ter todo o mérito prefiro a versão do Sinatra.
Obrigada pela informação :)

Smile disse...

Verónica,
Que pena … espero que consigas na próxima.
beijocas

Smile disse...

Special K
Ouvi a versão que mencionas-te… Sid Vicious… bem diferente do que tenho aqui :-)
Gana maluco ele … rsrsrs... gostei da diferença
Bjs

Smile disse...

Fiel Jardineira,
Também adoro Sinatra; e não é só o “My Way” que está no meu rol das favoritas :-)
Tento também viver a vida à my way :-)
Bjs

Smile disse...

Dantis
Estamos sempre a aprender não é? Também eu aprendo coisas que desconhecia quando “navego” pelo universo bloguista. Não tens que agradecer, estamos aqui para partilhar. :-)
E apesar do original ser de Claude François, também eu prefiro a versão de Sinatra.
Bjs