sexta-feira, 5 de junho de 2009

Flor sem tempo

Paulo de Carvalho

Na mesma rua
Na mesma cor
Passava alegre
Sorria amor
Amor nos olhos
Cabelo ao vento
Gestos de prata
De flor sem tempo
É dela o mundo
É a certeza de viver

Canta o sol
Que tens na alma
És a flor de ser feliz
Olha o mar
De tarde calma
Ouve o que ele diz

Foi como o vento
Soprou um dia
Passava alegre
Alguém a via
É nossa a vida
É a certeza de te ver

Canta o sol
Que tens na alma
És a flor de ser feliz
Olha o mar
De tarde calma
Ouve o que ele diz

Música: José Calvário
Letra: José Sotto Maior

2 comentários:

pinguim disse...

Sempre bela esta melodia...

Smile disse...

Pinguim
sempre bela sim :-)
É mais uma das minhas eleitas. ;-)
Beijinhos