quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

A Indiferença

...
Passo a passo
Passo pela multidão
E não há um braço
Que me dê a mão


Nesta solidão
Do mundo mais duro
Não encontro a mão
Que tanto procuro
...

Foto: G. Bécaud

Texto: Sei-o há anos mas desconheço o/a autor/a

6 comentários:

Angel disse...

Olá Smile..é triste que assim seja...deviamos estar sempre prontos a ajudar o próximo...estou por aqui se assim precisares..deixo um Sorriso e desejos de um fim de semana cheio de Sonhos..

Pedrasnuas disse...

Adorei a foto embora retrate uma realidade demasiado triste e o poema igualmente!!!

Boa escolha

Fernanda disse...

A sociedade não faz o que devia fazer.
E nós, como,iguais,... somos demasiadamente pobres de espirito e alma,...para darmos a mão a quem não tem nada a não ser a solidão duma rua vazia com gente.

Já levantei um homem do chão.
Ninguém o ajudou nem se aproximou,...até o policia a quem fui pedir ajuda,...me olhou com olhos de desprezo.
Era noite e estava frio.

A vida e o sol,...é igual para todos,...a sorte é que é diferente para cada um.

Uma boa semana

tulipa disse...

As vezes parece que nenhuma mao se estende...mas um dia quando menos esperamos encontramos essa mão...
Mas que as pessoas estão cada vez mais indiferentes estão...
um abraço
tulipa

estrelaminha disse...

boa tarde!
faço votos que seja temporário.
beijocas

Smile disse...

Amigas
Quero agradecer o vosso carinho e preocupação quando leram esta minha mensagem.
Quando a escrevi estava a pensar na sociedade em geral; apenas me coloquei no outro lado.
Por vezes a sociedade é indiferente a determinas situações que surgem aos nossos olhos… e passam indiferentes, é de lamentar que assim seja.
Beijos sorridentes e uma excelente semana cheia de esperança pra vcs