quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Para não esquecer. NUNCA!

Faz hoje 65 anos que o campo de concentração Auschwitz-Birkenau foi libertado pelo exército vermelho. Neste campo de concentração foram assassinadas centenas de milhares de seres humanos apenas por serem diferentes aos olhos dos nazis. Mas muitas mais centenas de milhares também morreriam numa guerra sem precedentes.


No dia 1 de Setembro 1939 a Alemanha de Hitler tinha evadido a Polónia. Para Hitler, a conquista da Polónia daria espaço vital ao povo alemão. Uma parte da Polónia ficaria para a União Soviética e a outra para a Alemanha Nazi (Pacto Soviético-Germânico / Molotov-Ribbentrop). Seria o inicio da Segunda Guerra Mundial. Foi a guerra mais sangrenta e mais devastadora da história da humanidade. Seria uma guerra total. Os nazis e a sua máquina de terror mataram e assassinaram centenas de milhares de pessoas nos Campos de Concentração (Auschwitz-Birkenau, Dachau, Treblinka, entre outros); judeus, comunistas, dissidentes políticos, homossexuais, minorias religiosas, polacos, soviéticos, ciganos e outros seres humanos indesejáveis para o regime nazi.
Mas não foi só Adolf Hitler e o seu regime nazi que tinham campos de concentração, também Estaline teria os seus campos de trabalho, mais conhecidos por Gulags na Rússia Central e na Sibéria para onde centenas de milhares de pessoas foram e de onde muitos nunca regressaram.
Quando acabou a Segunda Guerra Mundial, o Mundo acordou para uma realidade difícil de explicar e acreditar. O Ser Humano aprenderia a lição?


Passado estes anos todos vejo que não! Infelizmente! Existiram outras guerras depois da Segunda Guerra Mundial. Na Coreia, no Vietname, nos Balcãs, no Iraque, no Afeganistão…Existiu outros genocídios… Bósnia (Balcãs), Darfur (Sudão), Ruanda… e continuam a existir genocídios…Homicídios em massa, violações, tortura, fome e a imensa brutalidade desumana nas guerras civis tais como no Sudão e na Somália… e noutros locais deste planeta.
Porquê tanto ódio e tanta violência? Para quê? Até quando? Até não restar nenhum Ser Humano ao cimo da Terra?

“Na Alemanha, primeiro vieram buscar os comunistas,
e eu não disse nada porque não era comunista.
Depois vieram pelos judeus, e eu não disse nada porque não era judeu.
Depois vieram pelos sindicalistas, e eu não disse nada porque não era sindicalista.
Depois vieram pelos católicos, e eu não disse nada porque era protestante.
Depois vieram por mim e, nessa altura, já não havia ninguém para erguer a voz."

Pastor Martin Niemoller (Sobrevivente do Holocausto)


3 comentários:

Pedrasnuas disse...

UM MOMENTO HISTÓRICO BEM NEGRO ...TAL COMO OUTROS LAMENTAVELMENTE...

BEIJO VOADOR

a disse...

E ao visitar esse local senti-me esmagada pelo silêncio enquanto dentro de mim ecoavam os gritos das vítimas e no solo as botas dos carrascos.

Impossível ficar indiferente.

pinguim disse...

Infelizmente parece que a memória é demasiado curta...
Beijinho.